Quem sou eu

Minha foto
Poeta - escritor - cronista - produtor cultural. Professor de Português e Literaturas. Especialista em Estudos Literários pela FEUC. Especialista em Literaturas Portuguesa e Africanas pela Faculdade de Letras da UFRJ. Mestre em Literatura Portuguesa pela UFRJ. Nascido em Goiás, na cidade de Rio Verde. Casado. Pai de três filhos.

domingo, 27 de março de 2016

Poema: "Gólgota" - de Erivelto Reis

GÓLGOTA
Erivelto Reis

Presa,
Injustamente,
Sem qualquer acusação formal
Levada à presença de detratores,
Tiranos e hipócritas,
Sabedora, de antemão,
Que sua existência
Seria de luta e provação,
Acuada, humilhada,
Maltratada, torturada,
Sob o peso da desfaçatez,
Ela aguarda o seu veredito,
A sua consciência,
A sua vez...
Ré, Crucificada, talvez,
A Democracia
Ressuscita,
Mas, antes, agoniza,
Será que é disso que ela precisa?
Insisto, sabendo a resposta,
Não!
Ela não precisa disso...
Quem a maltrata,
O faz porque gosta.
Perdoar quem não sabe o que faz é coisa de santo...
Mas o espanto é ser chamado de anjo,
Aquele que sabe o malfeito que faz, repare,
O verdugo reflete,
E continua fazendo ainda mais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário