Quem sou eu

Minha foto
Poeta - escritor - cronista - produtor cultural. Professor de Português e Literaturas. Especialista em Estudos Literários pela FEUC. Especialista em Literaturas Portuguesa e Africanas pela Faculdade de Letras da UFRJ. Mestre em Literatura Portuguesa pela UFRJ. Nascido em Goiás, na cidade de Rio Verde. Casado. Pai de três filhos.

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Poema: "(êxito letal, etc. e tal)" - Erivelto Reis



(êxito letal, etc. e tal)
Erivelto Reis

Bonecas que têm cara de cínicas,
Estátuas que têm jeito de gente,
Pessoas que parecem de ferro,
Argumentos que parecem de nuvem,
Amores que se desfazem com o tempo.
Bonecas que têm jeito de gente,
Estátuas que têm cara de cínicas,
Pessoas que se desfazem com o tempo...
Amores que são feitos de nuvem,
Argumentos que parecem de ferro.
... e nunca luvas de pelica foram usadas tanto,
...e nunca os raios do sol secaram tanto pranto,
... e nunca a ausência de pecados escandalizou os santos,
...e nunca os ursos de pelúcia se odiaram tanto...

Nenhum comentário:

Postar um comentário