Quem sou eu

Minha foto
Poeta - escritor - cronista - produtor cultural. Professor de Português e Literaturas. Especialista em Estudos Literários pela FEUC. Especialista em Literaturas Portuguesa e Africanas pela Faculdade de Letras da UFRJ. Mestre em Literatura Portuguesa pela UFRJ. Nascido em Goiás, na cidade de Rio Verde. Casado. Pai de três filhos.

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Poema: "És tudo", de Erivelto Reis


És tudo!
Erivelto Reis

Estudo porque minha vida depende
De cada palavra, de cada ideia...
Meu espírito carece de logos
Para que minha alma escape
De pathos...
Estudo e leio como vivo
Cada história.
Estudo porque meu espírito quer
Ser livre:
De uma liberdade que só as palavras
E a música proporcionam.
Estudo porque só assim
A sensibilidade e a emoção me aprisionam.
Estudo como quem tem fome
De um alimento que não cesse,
Não seja escasso e que jamais sacie.
Uma fonte que nunca seca,
Um florescer e um brotar contínuos
Que não conhecem outono ou inverno.
Estudo porque assim descubro
E me descubro através da arte e da literatura.
Estudo como quem tem febre:
Uma febre que não encontra cura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário