Quem sou eu

Minha foto
Poeta - escritor - cronista - produtor cultural. Professor de Português e Literaturas. Especialista em Estudos Literários pela FEUC. Especialista em Literaturas Portuguesa e Africanas pela Faculdade de Letras da UFRJ. Mestre em Literatura Portuguesa pela UFRJ. Nascido em Goiás, na cidade de Rio Verde. Casado. Pai de três filhos.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Poema: "12 de outubro" - Erivelto Reis

12 de outubro
Erivelto Reis 

Quando eu era criança,
Me ensinaram a não falar
Com ninguém que fosse
Ou parecesse Estranho
Aprendi a lição:
Segui a vida assim,
Selecionando...
Mas, de um tempo pra cá,
Eu venho reparando:
Até conversar comigo mesmo
Eu tô achando estranho.
É estranho falar só gerúndio?
Mais do que falar sozinho?
Estranho, hein?!
Só eu que acho estranho
Falar pelos cotovelos?!
Estranhos somos todos nós
Desde antes de inventarem

Espelho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário